Escolas municipais movimentam pais e alunos durante sábado letivo

As escolas municipais contaram com mais um sábado letivo bastante movimentado. De forma virtual, as unidades de ensinos propuseram atividades com temáticas das mais variadas e mobilizaram pais, alunos, professores e toda a comunidade. Por meio de plataformas como Zoom, Google Meet e Facebook foram trabalhadas questões relativas a Gincana Verde, Festa Junina e palestra sobre acidentes domésticos.

O sábado letivo está previsto no calendário escolar e auxilia a somar os 200 dias previstos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação. A segunda etapa da Gincana Verde nas Escolas Municipais foi tema na EM Pablo Trevisan Perutich, no Bairro Anhanguera. Os alunos assistiram ao vídeo alusivo ao descarte correto de lixo e a necessidade de separar materiais recicláveis. Vestidos de super-heróis os pequenos fizeram separação em casa e mandaram fotos para a unidade escolar.

A segurança das crianças dentro das residências foi pauta trabalhada pela EM Mahatma Gandhi, no Bairro Melvi. Como atividade do sábado letivo, a escola realizou live com o major Marcos Palumbo, do Corpo de Bombeiros, sobre acidentes domésticos. A ação visou a orientar pais e responsáveis sobre os cuidados necessários para se evitar imprevistos com as crianças, uma vez que estão mais tempo em casa por conta da necessidade de distanciamento social.

Na EM Sebastião Tavares de Oliveira, no Bairro Quietude, o sábado letivo serviu para colocar em prática o Projeto Político Pedagógico (PPP). Com o nome Parada Cultural, a iniciativa mobilizou alunos e professores do 6º ao 9º ano, com diferentes manifestações artísticas regionais em apresentações musicais, leitura de poesia, encenação teatral. Depois, os pequenos do 1º ao 5º ano fizeram músicas e brincadeiras típicas de Festa Junina.

Também localizada no Bairro Quietude, a EM Profª. Esmeralda dos Santos Novaes realizou a atividade nomeada Pote do Incentivo. Pertencente ao PPP da unidade “Convivendo, Conhecendo e Respeitando às Diferenças”, a ação convidou pais e alunos a escolherem uma palavra e traduzirem o sentimento em uma foto, posteriormente encaminhadas para os professores.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*